sábado, 23 de julho de 2011

aula 7 e 8 inicial

cabeça humana e sombra e volume.

Galera ..nessa aula de hoje fiz questão de repetir o desenho de mãos (a pedidos) e cabeça humana de frente, depois coloquei sombreamento e seus valores, nas formas geométricas, dando como exemplo, o cilindro e a esfera. Os valores são luz, sombra, meiot-tom e reflexos. Pensem que o desenho em si não é tão dificil, mas sim a nao observação dos detalhes, isso faz a diferença do seu ponto de vista..treino e percepção..vamos lá!!

 

Nessa última semana do curso que vem agora, depois de domingo proximo, iniciaremos as técnicas (algumas0 sobre os quadrinhos. Para mostrar que os quadrinhos estão em evid~encia sempre, aqui vai uma notícia boa..quadrinhistas brasileiros conquistando o público americano..e olha que lá não é fácil..conseguir isso..por ser simplesmente a terra dos grandes mestres dessa arte..parabéns aos brazucas!! Que isso sirva de estímulo a novos talentos..portanto mãos á obra!

Brasileiros ganham 'Oscar dos quadrinhos' por "Daytripper" e "Vampiro Americano"

Da enviada especial a San Diego (EUA)
Os irmãos Gabriel Bá e Fábio Moon levaram seu quarto Eisner Awards pela HQ "Daytripper", escolhida na noite desta sexta-feira (22) em San Diego, em cerimônia na Comic-Con, a melhor minissérie. Minutos após receber o prêmio, Gabriel agradeceu pelo Twitter, postando a foto do troféu. Outro brasileiro ganhou o Eisner 2011, o gaúcho Rafael Albuquerque, premiado pelos desenhos da HQ "Vampiro Americano", eleita a melhor série nova.

Comic-Con 2011

Foto 68 de 100 - Os brasileiros Gabriel Bá e Fábio Moon, que concorrem em categoria do prêmio Eisner este ano, posam em estande na Comic-Con no qual assinam livros e conversam com o público (21/7/2011) Adriana Terra/UOL
Nos EUA, "Daytripper" saiu pelo selo Vertigo, da DC, e no Brasil sai no início de setembro, conta Gabriel. A trama é sobre um escri­tor de obi­tuá­rios em crise com a pro­fis­são. A HQ ficou em primeiro lugar na lista de quadrinhos mais vendidos do jornal "The New York Times" em março.

Na última terça-feira, Gabriel disse ao UOL que "concorrer ao Eisner é sempre muito emocionante, é como uma prova de que as pessoas realmente leram a sua HQ e que você fez um trabalho bem feito". "Estamos muito felizes com o 'Daytripper' e toda a repercussão que ele vem tendo. Esta indicação ao Eisner chama bastante atenção pro trabalho e esperamos que isso atraia novos leitores, principalmente no Brasil, quando for lançada a edição nacional."
  • Divulgação Panini Capa da HQ "Vampiro Americano", que deu o Eisner 2011 ao brasileiro Rafael Albuquerque
Os irmãos já ganharam, separadamente, três Eisner Awards, todos em 2008 -- pela revista "5", antologia que fizeram junto a outros desenhistas, entre eles o brasileiro Rafael Grampá; pela HQ "Umbrella Academy", de Gerard Way e Gabriel Bá; e por "Sugarshock!", melhor HQ digital, de Fábio Moon. Os quadrinistas são colaboradores do jornal Folha de S. Paulo e mantêm o blog "10 Pãezinhos" no UOL.
"Daytripper" ganhou ainda outro prêmio, com o colorista Dave Stewart premiado por seu trabalho em diversos projetos, entre eles a HQ dos brasileiros.
Já Rafael Albuquerque ganha seu primeiro Eisner. A série "Vampiro Americano" tem roteiros de Scott Snyder e Stephen King e é lançada no Brasil pela editora Panini.
Veja abaixo a lista completa de vencedores.
Melhor HQ curta
"Post Mortem," de Greg Rucka e Michael Lark, em "I Am an Avenger #2"(Marvel)
Melhor edição (ou especial)
"Hellboy: Double Feature of Evil", de Mike Mignola e Richard Corben (Dark Horse)
Melhor série
"Chew", de John Layman e Rob Guillory (Image)
Melhor minissérie
"Daytripper", de Fábio Moon e Gabriel Bá (Vertigo/DC)
Melhor série nova
"American Vampire", de Scott Snyder, Stephen King e Rafael Albuquerque (Vertigo/DC)
Melhor publicação infantil
"Tiny Titans", de Art Baltazar e Franco (DC)
Melhor publicação juvenil
"Smile", de Raina Telgemeier (Scholastic Graphix)
Melhor publicação de humor
"I Thought You Would Be Funnier", de Shannon Wheeler (BOOM!)
Melhor antologia
"Mouse Guard: Legends of the Guard", editada por Paul Morrissey e David Petersen (Archaia)
Melhor HQ digital
"Abominable Charles Christopher", de Karl Kerschl, www.abominable.cc
Melhor obra baseada em fatos reais
"It Was the War of the Trenches", de Jacques Tardi (Fantagraphics)
Melhor álbum gráfico - inédito
"Return of the Dapper Men", de Jim McCann e Janet Lee (Archaia)
"Wilson", de Daniel Clowes (Drawn & Quarterly)
Melhor álbum gráfico - republicação
"Wednesday Comics", editada por Mark Chiarello (DC)
Melhor adaptação
"The Marvelous Land of Oz", de L. Frank Baum, adaptada por Eric Shanower e Skottie Young (Marvel)
Melhor projeto/coleção arquivo - tiras
"Archie: The Complete Daily Newspaper Strips, 1946–1948", de Bob Montana, editada por Greg Goldstein (IDW)
Melhor projeto/coleção arquivo - HQs
"Dave Stevens' The Rocketeer Artist's Edition", editada por Scott Dunbier (IDW)
Melhor edição norte-americana de HQ estrangeira
"It Was the War of the Trenches", Jacques Tardi (Fantagraphics)
Melhor edição norte-americana de HQ estrangeira - Ásia
"Naoki Urasawa's 20th Century Boys", Naoki Urasawa (VIZ Media)
Melhor escritor
Joe Hill, "Lock & Key" (IDW)
Melhor escritor/ilustrador
Darwyn Cooke, "Richard Stark's Parker: The Outfit" (IDW)
Melhor desenhista/arte-finalista ou dupla desenhista/arte-finalista
Skottie Young, "The Marvelous Land of Oz" (Marvel)
Melhor pintor ou artista multimídia (arte interna)
Juanjo Guarnido, "Blacksad" (Dark Horse)
Melhor artista de capa
Mike Mignola, "Hellboy", "Baltimore: The Plague Ships" (Dark Horse)
Melhor colorista
Dave Stewart, "Hellboy", "BPRD", "Baltimore", "Let Me In" (Dark Horse); "Detective Comics" (DC); "Neil Young's Greendale", "Daytripper", "Joe the Barbarian" (Vertigo/DC)
Melhor letrista
Todd Klein, "Fables", "The Unwritten", "Joe the Barbarian", "iZombie" (Vertigo/DC); "Tom Strong and the Robots of Doom" (WildStorm/DC); "SHIELD" (Marvel); "Driver for the Dead" (Radical)
Melhor material jornalístico relacionado a quadrinhos
"ComicBookResources", produced by Jonah Weiland - www.comicbookresources.com
Melhor livro relacionado a quadrinhos
"75 Years of DC Comics: The Art of Modern Mythmaking", by Paul Levitz (TASCHEN)
Melhor publicação de design
"Dave Stevens' The Rocketeer Artist's Edition", designed by Randall Dahlk (IDW)
(Reportagem de Adriana Terra)

Veja mais

http://entretenimento.uol.com.br/ultnot/2011/07/23/brasileiros-ganham-oscar-

dos-quadrinhos-por-daytripper-e-vampiro-americano.jhtm 

Nenhum comentário:

Postar um comentário